Segunda, 29 Outubro 2018 06:11

Círculo Militar do Paraná/ARBS faz a lição de casa e leva o ouro no Sub-16

As três primeiras colocações ficaram com duas equipes de Curitiba e uma de Tamboara. Foto: João Passos/FPV As três primeiras colocações ficaram com duas equipes de Curitiba e uma de Tamboara. Foto: João Passos/FPV

De Curitiba, João Passos

Com três partidas eletrizantes e dignas de decisão, encerrou na manhã deste domingo (28.10) mais uma edição do Campeonato Paranaense Sub-16 Série A masculino. O Ginásio do Palácio de Cristal no Circulo Militar do Paraná em Curitiba, foi o palco da festa que definiu a colocação das seis equipes que chegaram as finais da competição.

Decisão do 5º e 6º lugar

Com a duração de 1h34 minutos, Vila Velha/Caramuru Vôlei e PM Foz do Iguaçu/Pousada Cataratas disputaram o 5º lugar. A partida que abriu o último dia de competições parecia que seria fácil para o time pontagrossense, já que o primeiro set terminou com a parcial de 25/15 para o Caramuru Vôlei. Entretanto, após o primeiro intervalo, o time da fronteira voltou com mais força e de virada ficando pela primeira vez na partida a frente do placar, venceu o segundo set por 27/25. O susto dos pontagrossenses durou pouco, e o time dos campos gerais venceu os dois últimos sets por 25/18 e 25/19 terminando a partida em 3 sets a 1.

“Terminamos esse torneio um pouco frustrados, pois tínhamos uma equipe com condições de brigar pelo título. Na primeira fase tivemos quatro desfalques importantes, e isso nos trouxe maus resultados e consequentemente acabamos tendo que depender de uma combinação de resultados para nos classificarmos para a final. Na segunda fase fizemos a nossa parte, dos quatro jogos que disputamos vencemos todos, ficamos com a quinta colocação, não era o que gostaríamos mas já está de bom tamanho.” Desabafou José Lauri Martins, técnico da equipe de Ponta Grossa.

Decisão do 3º e 4º lugar

A partida mais longa da manhã, foi na disputa do terceiro lugar, entre AVP/Dental Uni/Curitiba e PM Tamboara, com uma duração de 1h50m e sendo definido no tie break. O time tamboarense voltou para casa com a medalha de bronze da competição vencendo por 3 sets a 2. As parciais foram de 25/20, 25/18, 25/23, 16/25, 25/10. O professor Renato da Silva Paixão teve dificuldades para comandar a equipe, pois teve de ficar do lado de fora da quadra, e ressaltou a importância dessa conquista para a equipe que viajou mais de 500 km para jogar o campeonato. “Resumo essa partida em uma palavra: Trabalho. Lutamos muito para estar aqui, viemos de longe, de uma cidade com apenas 5 mil habitantes. Abrimos mão de muita coisa. Não esperávamos o terceiro lugar e conquistamos, voltamos embora felizes com essa conquista do bronze.”

Decisão do 1º e 2º lugar

A grande final foi entre os dois times que representaram a capital paranaense no campeonato: Santa Mônica Clube de Campo e o anfitrião Círculo Militar do Paraná/ARBS. Com parciais de 25/23, 25/20, 25/15 o time do Circulo Militar venceu por 3 sets a 0, com a duração de 1h13. Conquistando o título em todas as categorias que já havia encerrado, o Circulo Militar quis mais, e ficou também com o ouro na categoria Sub-16.
“Taticamente jogamos muito bem, sacamos bem, erramos o mínimo possível. Com a postura de jogo que colocamos conseguimos segurar bem o adversário. É o resultado de um trabalho bem feito em forma de medalha.” Ressaltou o professor curitibano Eduardo Lindner.

Já o professor Luciano Costa Sobrinho, do Santa Mônica Clube de Campo, destacou a importância dessa conquista, sendo que a sua equipe nunca havia chego em uma final de campeonato estadual. “Não éramos favoritos para chegar à final. Fizemos uma primeira fase ruim, terminamos em quarto lugar e por pouco não tivemos que depender de alguns resultados para nos classificarmos. Acredito que a carga emocional e a responsabilidade de uma final acabaram nos atrapalhando um pouco. Os meninos estão de parabéns, nunca chegaram tão longe no campeonato estadual, estou muito feliz e satisfeito com a nossa conquista.”


Na cerimônia foram entregues as medalhas e troféus para 1º, 2º e 3º lugar, e também o prêmio individual para os melhores da competição. Confira a lista:

Melhor Líbero ou Fundo de Quadra: Matheus Amarante (CMP)
Melhor Levantador: David de Paula (CMP)
Melhor Atacante 1: Lucas Berman (Toledo)
Melhor Atacante 2: Thiago A (Tamboara)
Melhor Central 1: João Victor (AVP)
Melhor Central 2: Kauê Souza (CAR)
Melhor Oposto: Matheus Sguario (CAR)
Mais Valioso Atleta: Ademir Jesus (Tamboara)


O Campeonato Paranaense Sub-14 e Sub-16 da Série A masculino é uma realização da Federação Paranaense de Voleibol (FPV) com o patrocínio da Penalty e da Copel Telecom. Mais informações desta e de outras competições estão disponíveis no site www.voleiparana.com.br.


Assessoria de imprensa FPV
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.flickr.com/voleiparana
www.facebook.com/voleiparana
Instagram @voleiparana

Galeria de Imagens

  • CONTATO

    Tel:(41) 3363-4653

    End: Rua Engenheiro Rebouças, 845
    Jardim Botânico, Curitiba - PR, 80.215-120

    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    REGRAS

    Regras de Praia

    Regras de Quadra

    Casebook

    REDES SOCIAIS

    Facebook

    Youtube

    Instagram