Quinta, 11 Abril 2019 15:39

Classificatório define últimas vagas ao torneio masculino em João Pessoa

Disputas do classificatório movimentaram a arena em João Pessoa  (Wander Roberto/Inovafoto/CBV) Disputas do classificatório movimentaram a arena em João Pessoa (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Da redação, em João Pessoa (PB) – 11.04.2019

As últimas vagas do torneio masculino para a etapa João Pessoa do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia foram preenchidas nesta quinta-feira (11.04), com a disputa do classificatório. Oito times - que estão fora do ranking principal - avançaram ao vencerem jogos eliminatórios diretos na arena montada na Praia de Cabo Branco.

Nesta sexta-feira (11.04), além do início da fase de grupos pelo torneio masculino, ocorre a disputa de oitavas e quartas de final do naipe feminino, em partidas das 8h às 18h. A entrada na arena é franca e os jogos contam com transmissão ao vivo, gratuita, pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br e pelo Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

A disputa pelas oito vagas envolveu 32 times, em 24 jogos nesta quinta. Cada dupla teve que vencer dois jogos eliminatórios para ‘sobreviver’ entre os oito e avançar.

Avançaram à fase de grupo as duplas Jefferson/Anderson Melo (CE/RJ), Luccas Lima/Júlio Cesar (SP), Allyson Lima/Alysson (CE), Marcus Carvalhaes/Felipe Cavazin (RJ/PR), Léo Gomes/Ferramenta (RJ), Adelmo/Arthur (BA/MG), Márcio Araújo/Allison Francioni (CE/SC) e Álvaro Andrade/Fábio (SE/CE).

Os xarás Allyson Lima e Alysson venceram na disputa de vaga um paraibano com torcida animada. Pedro Resende (PB), filho do campeão olímpico Ricardo, e Rafa (PR) foram os adversários pela vaga, que veio após vitória no tie-break: (21/18, 18/21, 13/15). Allyson Lima comentou a necessidade de administrar a pressão da torcida local.

“Foi um jogo muito difícil, pois na etapa de Fortaleza (CE), também cruzamos na disputa pela vaga. E lá a torcida estava ao nosso lado. Desta vez, a torcida era toda deles, a família e os amigos estavam presentes. E a gente sabe que é uma motivação para o atleta atuar em casa. Tentamos esquecer a torcida, ficarmos focados no jogo, concentrados na nossa virada de bola. E felizmente deu tudo certo”, disse Allyson, que completou.

“Apesar de eu também ser jovem, ter só 23 anos, ele tem 21 e começou mais tarde no vôlei de praia, disputou poucas temporadas na base. Então tento passar um pouco do que já vivi, nossa técnica Carol Oliveira está fazendo um trabalho incrível conosco. Estamos trabalhando muito duro, com chuva ou sol, sem deixar a peteca cair. Alysson salta muito, é muito empenhado, isso tem feito a diferença também em nosso sistema defensivo, especialmente nessa minha transição para a defesa”, destacou o atleta cearense.

Quem também celebrou a vaga foi Álvaro Andrade (SE), que nas quatro etapas deste ano conseguiu superar o classificatório ao lado do parceiro Fábio (CE). Eles avançaram em São Luís (MA), Fortaleza (CE), Natal (RN) e, agora, em João Pessoa (PB).

“Está sendo muito bom jogar ao lado do Fábio, estávamos em um momento de transição, sem parceiro fixo. Nos juntamos por incentivo de algumas pessoas. Tanto ele quanto eu somos mais fechados, mais calados, tínhamos até um pouco de receio por isso, mas pelo contrário. Nos conhecemos desde 2011. E a cada etapa nós crescemos mais, evoluímos, nos estendemos mais. Começou a se criar uma amizade ainda maior do que já existia antes. Jogar ao lado dele está sendo muito divertido, e fora de quadra também”.

As oito duplas classificadas nesta quarta se juntam aos 16 times que já estavam garantidos pelo ranking de entradas. São eles Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB), Saymon/Matheus Maia (MS/RJ), George/André Stein (PB/ES), Eduardo Davi/Adrielson (PR), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR), Alison/Oscar (ES/RJ), Fernandão/Ramon Gomes (ES/RJ), Averaldo/Bruno de Paula (TO/AM), Jô/Léo Vieira (PB/DF), Thiago/Márcio Gaudie (SC/RJ), Harley/Luciano (DF/ES), Vinícius/Moisés (ES/BA), Renato/Rafael (PB) e Matheus/Lázaro Lyan (SE/GO).

O Circuito Brasileiro 18/19 conta com sete etapas, começando em setembro de 2018 e seguindo até abril deste ano. Na primeira etapa da temporada, disputada em Palmas (TO), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) ficaram com a medalha de ouro. Já na segunda parada, disputada no mês de outubro, em Vila Velha (ES), títulos para Guto/Saymon (RJ/MS) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ).

Em Campo Grande (MS), em novembro do ano passado, ouro de Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Ágatha/Duda (PR/SE). Já em janeiro deste ano, na retomada do tour em São Luís (MA), títulos para Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), e em Fortaleza (CE), ouro para Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Carol Solberg/Maria Elisa (RJ). Na etapa de Natal (RN), título para Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Ricardo/Álvaro Filho (BA/PB).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO DIA
http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=41&sexo=m

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Galeria de Imagens

  • CONTATO

    Tel:(41) 3363 - 4653

    End: Rua Pandia Calogeras, 77
    Cajuru, Curitiba - PR / CEP: 82.900 - 000
    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    REGRAS

    Regras de Praia

    Regras de Quadra

    Casebook

    REDES SOCIAIS

    Facebook

    Youtube

    Instagram